A importância da caminhada:

8 out

 Sete motivos para exercitar o seu cão

Boa alimentação, água fresca, carinho e atenção são grandes necessidades no mundo canino. Porém, por mais que o animal receba dedicação completa do dono, a caminhada ainda é importante para que o peludo sinta-se conectado com a própria natureza. A rotina das grandes cidades, as máquinas, aparelhos tecnológicos e tudo aquilo que não existe na Natureza é muito estranho para um animal que age por instinto. Para os cães e outros animais domésticos, o comportamento humano pode ser incompreensível, bem como a utilidade de diversos equipamentos que não existem na Natureza.

Quando caminha com o dono, o cão tem a chance de realizar uma atividade que condiz com o que os instintos pedem ao animal. Em meio a tantas características do mundo moderno, o peludo perde o equilíbrio natural necessário para viver uma vida saudável. Porém, as voltas na rua podem reduzir esses danos e ajudar a recuperar o equilíbrio. Isto ocorre graças ao instinto que o cão carrega há milhares de anos de seus descentes diretos: os lobos. As regras das matilhas de lobos são quase as mesmas para os cães, exceto pelas modificações que ocorreram devido à domesticação, mas que não interferem na necessidade de caminhada canina.

Nas matilhas, os lobos estão acostumados a percorrer longos trajetos e fazer migrações para garantir a sobrevivência. O processo ocorre frequentemente e o objetivo é buscar alimento e locais de abrigo. Durante as maratonas em matilha, os lobos entram em contato com a própria natureza e se comunicam através da energia.

Quando um homem leva o seu cão para uma caminhada, um processo semelhante aos lobos ocorre na mente do animal. Porém, apesar de os lobos terem resistência para caminhar por horas devido aos longos processos de migração, a necessidade de caminhada no mundo canino varia. Raças mais fortes e cães hiperativos, por exemplo, precisam de longos passeios para gastar as energias extras e recuperar o equilibro. Para cachorros menores que apresentam comportamento passivo, uma caminhada de 15 a 30 minutos por dia pode ser suficiente para o animal.

Cãs caminhando
Confira sete motivos para caminhar com o seu cão e garantir uma vida saudável ao animal:

1. Aumento da intimidade: Diferente de todos os outros momentos do dia que passamos na companhia dos peludos, é só na caminhada que a ligação entre o dono e o cão é fortalecida. Para o dono, o período da caminhada pode não ser sentido com tanta intensidade. Porém, para o cão, é um momento que representa um tempo importante dedicado à companhia da matilha. Para cães que apresentam problema de instabilidade, a caminhada já mostra uma mudança de comportamento instantânea: o peludo fica dócil na rua, obediente, calmo e submisso. Estado ideal que deve ser repetido dentro de casa.

2. Maior respeito ao dono: Alguns cachorros possuem problemas de dominância e mostram-se agressivos e incontroláveis no ambiente do lar. A causa deste comportamento muitas vezes ocorre por erros do próprio dono, que não sabe a forma de impor-se corretamente como líder da matilha. Durante a caminhada, o jogo vira a favor do dono e, o cão sente que precisa confiar na pessoa que está com ele, para garantir a sobrevivência. O animal é guiado pelas ruas e aprende a respeitar o humano que o acompanha. Porém, é importante caminhar do jeito correto para que o efeito não seja contrário: nunca deixe o cão andar na sua frente e não permita que o animal desvie-se do foco da caminhada.

3. Prevenção de doenças: Para a saúde canina, a atividade física é essencial e é a melhor forma de evitar doenças precoces. Não são só os humanos que precisam se exercitar para prevenir doenças do coração, diabetes e outros problemas agravados pelo sedentarismo. Os cães possuem a mesma necessidade e devem esticar as patas para garantir a longevidade. Brincar com o cão em campos abertos também é válido como atividade física, mas não possui o mesmo efeito da caminhada. A corrida não ritmada pode até causar alguma tensão muscular, enquanto o exercício de andar apresenta segurança para os peludos.

4. Combate ao estresse: Os sinais de estresse e instabilidade em cachorros podem ser percebido através de comportamentos não naturais. Comer as próprias fezes ou correr atrás do rabo, por exemplo, são indícios de que o cão está com muita energia para gastar, mas não consegue dar conta. Além disso, a falta de regras e disciplina e confusão na cabeça canina por não compreender inúmeras coisas e atitudes humanas ajudam a agravar o estresse. A caminhada encarrega-se de aliviar essas tensões e o excesso de energia presente no corpo canino. Depois de um longo passeio, o animal pode sentir-se relaxado e aliviado, estado que não dá abertura ao estresse.

5. Rotina equilibrada: A caminhada precisa ser regulada e ocorrer sempre nos mesmos horários, para permitir que haja equilibro na rotina do cão. Os horários de alimentação, brincadeiras e até os momentos de carinho precisam acontecer através de regras e disciplina. Caminhar com o cão é um importante passo na formação da disciplina do animal e, através de uma rotina equilibrada e disciplinada, o cachorro pode perder hábitos indesejados e ter uma vida feliz.

6. Formação de bons hábitos: Formar bons hábitos no cão através da caminhada é uma conseqüência positiva que ocorre graças à eficiência da comunicação canina. Se o cão passa a respeitar mais o dono, têm horários para alimentar-se, exercitar-se e brincar e não apresenta problemas de estresse, educar o peludo torna-se mais fácil. Por exemplo, se o cão está acostumado a fazer as necessidades em locais indesejados, acostume-o a fazer durante a caminhada e ele irá esperar o momento de sair. Não se esqueça de limpar os dejetos do seu animal durante o passeio.

7. Vantagens para o dono: Os maiores beneficiados da caminhada canina podem ser os próprios cães, porém, o processo também é muito vantajoso ao dono. A correria da rotina, os problemas diários e as inúmeras atividades que são exercidas sem descanso podem causar estresse e desequilibro na natureza humana também. Aproveite o momento de passear com o cão para recuperar as energias, esquecer os problemas e fazer atividade física. Além disso, tome consciência das atitudes do cão durante a caminhada e tente perceber a conexão de matilha que só é proporcionada durante as voltas na rua

VAMOS CÃOMINHAR DIA 19? 

TOOODOOS CONVIDADOS, CHAMEM A FAMÍLIA E OS AMIGOS!!

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: