5 SUPER DICAS PARA LIDAR COM SEU BICHÃO NA COPA

11 jun

Imagem

Veja abaixo 5 dicas para evitar o problema de medo e fobia em animais durante os jogos da copa do mundo:

1) Em caso de filhotes, apresentar os ruídos de forma gradativa durante o período de socialização, associando sempre os ruídos com algo positivo como petiscos e brinquedos. Dessa forma, o animal irá ter uma expectativa de que algo bom irá acontecer sempre que ouvir os fogos.

Imagem

2) Gravar sons de fogos de artifício e passar a associar estes ruídos a situações positivas e agradáveis. Durante brincadeiras ou no momento da alimentação colocar o som para tocar em volume mínimo e, gradativamente, ir aumentando aos poucos na medida que o animal não tiver resposta. Caso houver algum tipo de resposta de medo, o som provavelmente está alto demais. Nestes casos o exercício deverá ser recomeçado e o som deverá ser tocado em um volume mais baixo e na medida que o animal for acostumando com o ruído o volume deverá ser aumentado lentamente, sempre sendo associado com algo positivo!

Imagem

 

3) Colocar tampões de algodão nos ouvidos dos animais para diminuir a intensidade do som e, consequentemente, a resposta de medo dos cães aos ruídos. Isso permitirá que o animal diminua a resposta de medo e foque nos petiscos ou nos brinquedos que lhe forem oferecidos. Caso contrário, poderá entrarem pânico e não responderá a nada que lhe for oferecido.

Imagem

4) Propiciar um ambiente calmo e agradável ao animal, lembrando sempre de fornecer possibilidade de fuga para uma região que ele se sinta mais seguro e confortável e, se possível, longe de fogos de artifício.

Imagem

5) Durante jogos, manter o animal em um ambiente sem objetos ou móveis que possam causar lesões ao animal em casos de fugas. Durante os momentos de pânico os animais podem se ferir gravemente para tentar se refugiar em locais que eles se sintam mais seguros, mesmo que para isso eles tenham que atravessar janelas para entrar em casa ou saltar de muros altos para buscar abrigo. Previna acidentes, evite objetos e móveis que possam causar ferimentos em momentos de pânico.

É importante relembrar que nestas situações os donos não devem usar de punições verbais ou físicas em hipótese nenhuma. Alguns adestradores recomendam ignorar ou repreender o animal nestas situações com a justificativa de que ele deve aprender que esta não é a resposta correta aquele estímulo. Isso poderá aumentar ainda mais a intensidade da resposta de medo, já que o medo não é tratado. Devemos sempre garantir o bem estar do animal, confortando e dando atenção sempre que estiver em situações de pânico para que estas passem a serem associadas a algo positivo e não negativo. Existem casos de famílias que resolveram o problema de fobia de seus cães comemorando os gols com festas e brincadeiras. Com isso, o animal passou a associar estes ruídos a festas e brincadeiras comemorando os gols junto com seus donos. Fica a dica!

Em casos mais severos as medicações são indispensáveis, pois muitas vezes a resposta é tão intensa que o animal entra em conflito psicológico, não prestando atenção em mais nada. Dessa forma, nada que o dono fizer irá ajudar o animal a ficar tranquilo. Por conta disso, caso você tiver algum animal com este problema busque ajuda de um veterinário especializado em comportamento. Este é o único profissional capacitado para prescrever medicamentos adequados para o auxílio no tratamento de medos e fobias em animais.

Ricardo Fontão de Pauli, MV, MSc 

Médico Veterinário comportamentalista, mestre em Psicologia e Psiquiatria e responsável pela Comporvet Medicina Veterinária Comportamental

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: